OGE Pernambuco realiza “monitoramento in loco” na Fundação Hemope

Data de Publicação: 21/12/2020

Vinculada à Secretaria da Controladoria-Geral do Estado de Pernambuco (SCGE), a Ouvidoria-Geral do Estado (OGE) realizou mais uma edição do projeto “Monitoramento in loco”, que tem o objetivo de estreitar ainda mais a relação da OGE com as 62 unidades que compõem a Rede de Ouvidorias do Poder Executivo estadual. Desta vez, o encontro virtual ocorreu com representantes da Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope).

Com o trabalho, será possível buscar mecanismos para aperfeiçoar do funcionamento da Ouvidoria do Hemope, visando contribuir com a melhoria dos serviços públicos, o incremento da transparência pública e o fomento ao controle social. O projeto da OGE também busca a promoção de um ambiente de compartilhamento e incentivo à utilização de boas práticas para melhoria dos procedimentos em ouvidoria, por meio de adesão. “Garantir uma Rede de Ouvidorias padronizada de acordo com os normativos legais e orientações de procedimentos também é objetivo dessa iniciativa”, explicou a diretora da OGE, Elisa Andrade.

Entre outras deliberações, ficou definido na reunião o levantamento prévio dos dados da Ouvidoria do Hemope e a construção conjunta de um Plano de Melhorias. Além da diretora da OGE, ainda participaram do encontro Ana Luíza Chaves e Isis Andrade, que integram a equipe da Coordenadoria da Rede de Ouvidoria (CRO/OGE). Pela Fundação Hemope, estiveram presentes a diretora-presidente, Gessyanne Vale Paulino; Márcia Lira, do setor Gestão da Qualidade; Maristela Dantas e Flora Sabino, ambas do setor de Coordenação de Ações Estratégicas.