Ouvidoria-Geral do Estado promove monitoramento in loco

Data de Publicação: 21/10/2019


A Ouvidoria-Geral do Estado (OGE) acaba de lançar seu mais novo projeto. O “Monitoramento in loco” surge com o propósito de estreitar ainda mais a relação da OGE – vinculada à Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE) – com as 62 unidades que compõem a Rede de Ouvidorias do Estado. Com este intuito, a equipe técnica da OGE irá às secretarias e órgãos estaduais para disseminar informações visando, consequentemente, aprimorar a transparência, o controle social e os serviços prestados à sociedade.

“Ao final de cada visita, esperamos que a ouvidoria seja fortalecida, sendo utilizada como ferramenta estratégica da gestão do órgão”, destaca a secretária da SCGE e ouvidora-geral do Estado, Érika Lacet. “Também vamos elaborar um relatório com o diagnóstico das ouvidorias”, complementa a diretora da Ouvidoria-Geral do Estado (DOGE), Zélia Correia.

No cronograma de visitas do projeto, a primeira secretaria visitada foi a de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas (SPPVD), no bairro de Santo Amaro. Na tarde da quarta-feira, dia 16, Maria Luiza Trindade e Maria Fernanda, que integram a Coordenadoria da Rede de Ouvidoria (CRO/OGE), estiveram reunidas com o secretário Cloves Benevides e a ouvidora Jozineide Figueiredo. Na ocasião, as servidoras da OGE/SCGE apresentaram o projeto “Monitoramento in loco” e ressaltaram a importância do envolvimento do secretário e da ouvidora da SPPVD para o sucesso do mesmo.

“Feita a visita, o próximo passo é a execução do trabalho, analisando a ouvidoria e seus processos para que se possa melhorar no que for possível”, esclarece Maria Luiza, que coordena a Rede de Ouvidorias do Estado. Ela antecipa que no início do mês de novembro, a equipe da OGE estará reunida com os dirigentes do Instituto de Recursos Humanos (IRH).